"Governo não vai encurtar férias judiciais" - Expresso

"A pesar da pandemia, os tribunais vão parar, como é habitual, um mês e meio durante o verão. As férias judiciais vão manter-se entre 16 de julho e 31 de agosto, revelou, na quarta-feira, a ministra da Justiça aos sindicatos do setor, conta o “Jornal de Notícias”.

A redução destas férias a um mês era uma hipótese que tinha sido assumida pela própria ministra, a 28 de abril, no Parlamento, perante a necessidade de recuperar dos atrasos causados pela pandemia. A covid-19 obrigou a cancelar cerca de 48 mil diligências até 27 de abril. "

Saiba mais em www.expresso.pt.

Publicado a 21/05/2020

Imprensa