"Venda de bens penhorados ultrapassou 2 mil milhões" - Dinheiro Vivo

"O e-leilões, portal eletrónico que vende bens penhorados no âmbito de processos de execução, já realizou vendas superiores a 2076 milhões de euros desde a sua criação, em maio de 2016, até ao final de 2020. Nesses quase cinco anos de operação, alienou um total de 22 510 bens, a larga maioria imóveis. No ano passado, a plataforma concebida e gerida pela Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução (OSAE) registou um volume de transações de 461,4 milhões de euros, um decréscimo de 2% face a 2019, apesar de o número de propriedades colocadas a leilão ter aumentado 14,4%, para 5600. A quebra está diretamente ligada com a pandemia. (...)"

Saiba mais em www.dinheirovivo.pt.

Publicado a 22/03/2021

A Ordem na Imprensa